Blog de xnetao


RECADO A QUEM SE PREZA ESTE

 

JÁ QUE O SR. GOSTA MESMO DE ESTATISTICAS E INFORMAÇÕES PODERIA MESMO SE ATUALIZAR ANTES DE FICAR FALANDO E CORRIGINDO OS OUTROS A QUALQUER TEMPO. MESMO PORQUE CONCEITOS SIMPLES E IMEDIATISMOS, TAIS COMO REPRODUZIR QUAISQUER CONCEITOS NÃO EXIGEM MEDIDAS DE RACIOCINIO, E SIM MEMÓRIA. INFELIZMENTE MINHA DECOREBA É PÉSSIMA, MAS, EM COMPENSAÇÃO MINHA MEMÓRIA ASSOCIATIVA É BOA !!!

 

ASSIM SENDO VAMOS LÁ

 

O AEROPORTO DA PAMPULHA EM MINAS GERAIS, OPERA SIM COM VOOS REGULARES DE PONTE AEREA E ANTES MESMO QUE VC POSSA QUERER CONFUNDIR AS COISAS. NÃO OBSTANTE AOS VOOS DE CONEXÃO OU COM ESCALA; COMO QUEIRA CHAMAR. AINDA SIM OS VOOS DE PONTE AEREA ESTÃO PRESENTES E TAMBÉM SÃO USADOS NAS CONEXÕES DE VOOS, MESMO PORQUE AS EMPRESAS DE TURISMO CONTRATAM FRETAMENTO E TAMBÉM PODEM USUFRUIR DESTES VOOS POIS TEM UM CUSTO MENOR. ENTÃO MESMO QUE EU NÃO QUIZESSE EU PEGUEI UM VOO DE PONTE AEREA !!!

 

VEJA AQUI CLICANDO NO LINK ABAIXO A RELAÇÃO DE PONTES AEREAS DAS PRINCIPAIS EMPRESAS ATUANTES, INCLUSIVE NO AEROPORTO DA PAMPULHA

 

http://www.terra.com.br/turismo/servico/serv43.htm

 

AINDA SIM; HOJE, HÁ QUE SE REVER CONCEITOS, POIS, JÁ É DITO QUE NÃO EXISTE MAIS PONTE AEREA, TRATA-SE DE UM TERMO USADO, EQUÍVOCO !!!

MAS, JÁ QUE VOCE GOSTA DE PUROS CONCEITOS; VAMOS LÁ

 

Ponte aérea: Ponte aérea é uma ligação de rotas que vem possibilitar a união e a entrega de materiais entre dois pontos ou mais através de transporte aéreo.

 

Ponte aérea

 

A Ponte Aérea, mais conhecida como Ponte Aérea Rio-São Paulo é um acordo firmado entre companhias aéreas brasileiras que oferecem várias freqüências diárias entre os aeroportos Santos Dumont no Rio de Janeiro e Congonhas em São Paulo. Criada em 5 de julho de 1959 pelas empresas VarigCruzeiro do Sul e VASP, atualmente operam no trecho TAMGOL e Varig com mais de 120 vôos diário partido das duas cidades, em média a cada 10 minutos, entre 6h30 até por volta das 22h.

 

* POIS BEM ESTE NOVO CONCEITO FOI CRIADO ATRAVÉS DE UM ACORDO FIRMADO, DE TAL FEITA, TORNOU-SE USUAL ESTE TERMO !!! OCORRE QUE ISSO FOI EM 1959. DATA VENIA ESTE TERMO HOJE É TIDO COMO EQUÍVOCO E ULTRAPASSADO !!!

 

A SEGUIR TEMOS A TRANSCRIÇÃO DE UM TEXTO QUE ABORDA BEM O TEMA, E COMO PODE OBSERVAR NO ULTIMO PARAGRAFO, ATUALMENTE NÃO SE EMPREGA DE FORMA ADEQUADA ESTE TERMO !!!

 

 

Ponte aérea

 

Crepúsculo de anos dourados

Nada é eterno. Nem mesmo os imortais Electras. Em 1986 tanto a Vasp como a Transbrasil receberam seus primeiros 737-300, aeronaves com capacidade de operação segura nas curtas pistas de Santos Dumont e Congonhas. Com a morte em 1990 de Hélio Smidt, presidente da Varig e grande protetor da aeronave, e com as crescentes pressões da Vasp e Transbrasil para colocar os 737-300 na rota, em 1991 a inevitável decisão foi tomada: sai Electra, entra jato.

Em 11 de novembro, pelo menos para mim, os céus do Brasil começaram a perder parte de seu encanto. Neste dia, os 737-300 de prefixos PP-SOL (Vasp), PP-VOS e PP-VOT (Varig) decretaram a aposentadoria dos Electra no Brasil. Os anos de ouro, a Era Romântica da Aviação, como dizem alguns, entrava em seu capítulo final. Obedientemente, os Electras foram sendo retirados de serviço e levados aos hangares da Varig em Porto Alegre e Congonhas. O primeiro a sair de operação foi o PP-VJO. Depois, O VLY, VJN… Em 26 de novembro, a Transbrasil colocou o PT-TEH na Ponte Aérea, no lugar de mais um Electra.

Adeus, Velho Guerreiro

No domingo 5 de janeiro de 1992, o PP-VLX cumprindo o vôo VP651, transportou os últimos passageiros pagantes. Jô Soares na época definiu bem a troca pelos jatos: “De que adianta ganhar 15 minutos a menos de vôo se eu vou perder 15 centímetros de espaço na poltrona?”

No dia seguinte, a Varig convidou passageiros freqüentes e personalidades para vôos de despedida no PP-VJO e PP-VJN. As redes de TV marcaram a data, os jornais dedicaram páginas ao adeus. Ao final da manhã, o PP-VJN fez algumas passagens rasantes após o último vôo dos convidados, pousou e foi taxiando para os hangares da Varig em Congonhas. Cortou os motores e uma época que não volta mais.

Fim da Ponte

Neste mesmo período, princípio dos anos 90, a Vasp inaugurou um vôo ligando Congonhas ao Galeão, mas teve vida curta. No mais, nenhuma grande novidade. A Ponte crescia junto com nossa economia.

A TAM em 1990 finalmente entrou na era do jato com o F100 e logo tratou de empregá-lo na Super Ponte TAM. Neste momento, depois de décadas, efetivamente havia um competidor à altura da Ponte Aérea tradicional.

A participação da TAM na ligação entre os dois aeroportos só crescia. Mas na manhã de 31 de outubro de 1996, um Fokker 100 da TAM, de prefixo PT-MRK, alinhou na pista 17R de Congonhas. Passava pouco das oito da manhã quando o co-piloto empurrou as manetes para frente dando início ao vôo 402. Pouco mais de 90 segundos depois, ele e os outros 95 ocupantes do Fokker, além de três pessoas em terra, entraram para a história da ligação São Paulo-Rio, da maneira mais trágica possível: o Fokker caiu sobre casas no bairro do Jabaquara, matando instantaneamente seus ocupantes, no pior desastre aéreo ocorrido na cidade de São Paulo e em todos os anos da longa trajetória da Ponte Aérea. A tragédia enlutou nossa aviação comercial.

Foi em 1999 que a Ponte Aérea, como sistema unificado, chegou ao fim. A Vasp desejava há bastante tempo separar-se do pool e a própria Varig não fazia muita questão de manter-se ligada à empresa de Canhedo. A Transbrasil não tinha fortes opiniões a este respeito e assistia aos acontecimentos. A Varig tomou a decisão e anunciou o seu desligamento da Ponte, criando um sistema integrado com as aeronaves da Rio-Sul. Foi assim, tão na surdina quanto começou, que a Ponte Aérea foi oficialmente extinta.

Reaberta essa temporada de competição, em março de 1999 a TAM colocou os A319-100 em operação, travando competição com os 737-300 e 737-500 da Varig/Rio-Sul.

A Transbrasil, refletindo sua delicada situação, operou de forma inconstante nos últlimos anos até 4 de dezembro de 2001, quando parou de voar. Igualmente inconstante foi a Vasp, que por vezes se viu sem aeronaves para cumprir os vôos. Em alguns períodos, usou até os 737-200 (pousando no Aeroporto Tom Jobim) ou então, simplesmente abandonou temporariamente os serviços.

A Rio-Sul introduziu em maio de 2002 os ERJ145 nas ligações, na mesma época em que a GOL Linhas aéreas era autorizada a entrar nas ligações SDU-CGH com seus modernos 737-700 Next Generation.

Portanto, hoje não há mais o esquema original de Ponte Aérea, um pool de empresas operando na rota. Há competição, salutar para o público, mas acirrada para as empresas, que deixaram de obter lucros fáceis nos serviços. Embora os vôos da Varig e da TAM sejam numerosos, são ligações freqüentes e não mais uma Ponte Aérea: bilhetes podem até ser endossados, mas não são automaticamente aceitos.

 

OU SEJA , EM 1959 ESTARIA MUITO BEM DEFINIDO ESTE TERMO ATRAVÉS DO ACORDO HISTÓRICO QUE FOI FIRMADO, MAS, NOS DIAS DE HOJE O CONCEITO É MERAMENTE USUAL, E PODE TER VARIAS INTERPRETAÇÕES !!!

 

DORAVANTE, DEVIDO A MINHA FALTA DE CULTURA; DE MEMÓRIA; E DE ACESSO A INFORMAÇÃO.  AINDA PREFIRO ME CALAR, NÃO ME PRECIPITAR E TER PACIENCIA E ESPERANÇA DE APRENDER !

 

APRENDER A FILTRAR AS INFORMAÇÕES, E TAMBÉM SEMPRE QUESTIONAR E PONDERAR É ALGO DE BRILHANTISMO NO MUNDO EM QUE VIVEMOS, HAJA VISTA A LIBERDADE DE EXPRESSÃO PERMITIR ACESSO TANTO À VERDADES QUANTO À MENTIRAS. NEM MESMO AS OBRAS POSITIVISTAS ESTÃO LIVRES SE SUAS DEVIDAS CORREIÇÕES. A PRÓPRIA HISTÓRIA DAS CIVILIZAÇÕES ESTÃO A TODO MOMENTO SENDO REVISTAS. ENTÃO NÃO SÃO MEROS CONCEITOS PRÉ CONCEBIDOS QUE ME TORNARÃO DONO DA VERDADE. TALVEZ A MAIOR FERRAMENTA DA FILOSOFIA ME PONHA A PENSAR, E ME DÊ A CONCEPÇÃO DE QUE TODO CONCEITO VERDADEIRO OU FALSO NÃO CAIBA EM SI, TALVEZ PORQUE A DUVIDA DO TALVEZ ME REPORTE A VALIDAÇÃO DOS CONTEXTOS...

 

QUANTO A INFORMAÇÃO SOBRE O FLUXO DE PASSAGEIROS NO AEROPORTO DE VIRACOPOS EM CAMPINAS, TAMBÉM PODE SER VERIFICADA ATRAVÉS DE MUITAS MATÉRIAS QUE VERSAM SOBRE O ASSUNTO. A EXEMPLO DESTA QUE SEGUE RELACIONADA NO LINK ABAIXO. INTEIRE-SE !!!

 

O FLUXO DE PASSAGEIROS FOI RECORD EM 2009. ( 2.604.444 ). NADA QUE SE POSSA COMPARAR COM OS MAIORES. MAS JÁ DEVE BATER O DE SANTA CATARINA E OUTROS BRASIL AFORA. ENTÃO NÃO ME VENHA FALAR EM USO DE CARGA !!!

 

http://aviaorevue.terra.com.br/index.asp?codc=1051

 

 



Escrito por xnetao às 21h59
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 
Meu perfil
BRASIL, Sudeste, CAMPINAS, JARDIM FLAMBOYANT, Homem, de 36 a 45 anos, Portuguese, Portuguese, Esportes, Música, VIAGENS
MSN -
Histórico
Outros sites
  MUNDO ETILICO
  KARAMINHOLAS
  SITE LEVANDO - O SITE DO NETAO
  CANAL XNETAO PORTAL YOUTUBE
Votação
  Dê uma nota para meu blog